SEJAM BEM VINDOS!

Image and video hosting by TinyPic

Image and video hosting by TinyPic

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

POEMA 35


Depois de meses de escuridão enxergo a luz com os olhos do coração;
Ainda sinto o escuro tão claro e melancólico para mim.

Minha alma se perde;
Se acha
Se mata
Renasce
Encarna
Se acaba
Regride
Duvida
Se cala.

Não sabe ao certo o que é o certo;
Não sei ao certo se estou certo, nem sei se sei me expressar com clareza, com a caneta que tende a falhar.

Nove meses se passaram, o escuro foi meu feto que acabei de abortar.

Marcos Henrique
http://poemasdecaverna.blogspot.com







Postar um comentário
Related Posts with Thumbnails
 
Topo