SEJAM BEM VINDOS!

Image and video hosting by TinyPic

Image and video hosting by TinyPic

sábado, 28 de maio de 2011

DO TEU OLHAR À SOLIDÃO



Liberta-me deste texto
Deixa que eu (re) invente algum pretexto
Só para poder me insinuar neste contexto.

Deixa-me sugar o mel que da tua boca escorre.
Deixa-me tirar a veste que o teu corpo encobre.
Deixa-me interpretar a tua imagem que ora dorme
Deixa-me descobrir o teu falo que a perna encobre.

Assim, meu poema em ti escoa
Acariciando-te em garoa.

Recuperados os sentidos
Sussurro em teu ouvido
Amo te amar!

Na montanha, no ar, no mar
No verde, no azul, no alaranjado da manhã
Perdida no negro do teu olhar.

De repente não mais somos!
De novo estive sonhando?
Na verdade, nunca fomos!
Seremos?

Quando?

(Silvia Mendonça)
http://silviamendonca.ning.com/profiles/blogs/do-teu-olhar-a-solidao

Photobucket

Photobucket

quinta-feira, 26 de maio de 2011

SILÊNCIO!

slideflor01a



No fadário que é meu, neste penar,
noite alta,noite escura,noite morta,
sou o vento que geme e quer entrar,
sou o vento que vai bater-te a porta...

vivo longe de ti, mas que me importa?
Se eu já não vivo em mim,ando a vaguear.
Em roda a tua casa, a procurar
beber-te a vez,apaixonada, absorta!

Estou junto a ti e não me vês...
Quantas vezes no livro que tu lês.
Meu olhar se pousou e se perdeu!

Trago-te como um filho nos meus braços!
E na sua casa...Escuta! uns leves passos...
Silêncio! meu amor!...abre!... sou eu!... 



(Florbela Espanca)



Photobucket

sábado, 21 de maio de 2011

TEM UM LUGAR

Photobucket



A árvore tira sons
de suas folhas
em melodiosa
luz de treliças,
conforto meus ouvidos
esqueço de pensar.

Num sono de bicho
vou fumegando de prazer
sou sapo sou rã.

A pedra conversa
o rio sorri,
arrepio-me ao
vento namorador.

Um dia me aporto
neste lugar pelos
vasos comunicantes
dos bichos e das coisas.

Autor: Roberto de Araújo



Photobucket

terça-feira, 17 de maio de 2011

Não Sou

Photobucket


Não sou a tal fortaleza...tenho meus abismos pelos quais quero despencar.
Não sou só sorrisos...sinto gosto de lágrimas na boca.
Não sou a porta escancarada...muitas vezes sou solidão presa aos meus próprios grilhões.
Não sou uma eterna felicidade...sei me permitir sentir dor.
Não sou somente o carinho...posso ser faca e cortar sem dó.
Não sou apenas ouvinte...preciso tanto gritar!
Não sou cego...mas preciso não enxegar tudo.
Não sou sempre a luz...não temo a escuridão.
Não posso ser sempre o colo...preciso de um para poder chorar.
Posso um dia ser isso...amanhã aquilo.
Porque se o mundo pode, eu também.
Posso não ser o que querem ver, mas posso ser o que quero ser!
Não sou um momento qualquer, sou o meu.
Porque apesar do que sou, muitas vezes...não consigo ser!
Luiz  Carlos...
publicado no Recanto das Letras em 16/02/2007.

Enviado pela minha amiga Silvia Mendonça



Photobucket

segunda-feira, 16 de maio de 2011

INTERPRETAÇÃO

Photobucket


Nas entre linhas de meus textos
deixo pra quem é de direito
vou rabiscando a vida
conforme o lápis de cor 
azul-céu 
verde-montanha 
vermelho-coração 
pardos ventos... 
E quando estou amando 
declaro, em papel macio, 
todas as cores deste mundo

Paulo Francisco
http://cores-e-nomes.blogspot.com/



Photobucket

terça-feira, 10 de maio de 2011

SOMBRA E LUZ



Paz é sombra de árvore
Em tarde de sol
Como água de côco
Em dia quente

Sombra é parecer paz
E sentir arder
Caos.

Equilíbrio
É ser luz
E sentir paz
No centro do caos.

Quanto mais luz necessito
Mais luz partilho e me torno
Entendo
Pra luz sobressair
A sombra precisa existir

Dual, uno, o mesmo
Em duas faces
Diferentes

Frio e quente
Temperado
Equilibrado
Ainda que inconstante.

Claudia Costa
"Vida de Mil Fases"



Obrigada Claudia por me permitir
postar este lindo poema!



Photobucket

domingo, 8 de maio de 2011

HOMENAGEM À MINHA MÃE ELVIRA E A TODAS AS OUTRAS MÃES!

Photobucket


Mãe

Mãe vai muito além daquilo que se imagina...
Só quando se é mãe é que se compreende o que é “ser mãe”...
Mãe, mesmo quando erra está certa, porque tudo o que faz é por amor!
Mesmo porque, mãe não erra, mãe arrisca.
Mãe não dorme, mãe cochila. Mãe não tem razão, tem coração!
Mãe não raciocina, mãe protege. Mãe não odeia, mãe é perdão!
Só quando me tornei mãe pude compreender tudo isso...
Mãe, ao mesmo tempo em que repreende, afaga!
O coração de mãe é um abismo que não tem fim...
Mas dentro do coração de uma mãe, um filho só encontra amor!
Mãe é única e múltipla, pois, pensa sempre em dupla...
Uma por ela, outra pelo filho dela...
Eu não sei quanto a vocês, mas...
A comida de minha mãe é a mais cheirosa,
Os braços de minha mãe tem mais calor,
O colo de minha mãe é mais macio,
A voz de minha mãe tem mais ternura,
O beijo de minha mãe é o mais doce...
O amor de mãe é como um combustível,
Para nos colocar em movimento na estrada da vida...
Mãe sabe TUDO, inclusive o que você esconde!
Mãe ouve TUDO, até o que você não diz...
Mãe pode perceber TUDO, até a voz do silêncio!
Mão advinha TUDO, até seus pensamentos mais ocultos...
Mãe encontra sempre a palavra mais certa, nos momentos incertos...
Se mãe tivesse que ser sintetizada até chegar a uma única palavra,
Esta palavra seria unicamente AMOR!!!

 MÃE EU TE AMO!!!



Photobucket

terça-feira, 3 de maio de 2011

Lírio d'água

Photobucket

De todas as flores que existem
A que eu mais admiro é o lírio
E bonito, singelo e corajoso...
Autossuficiente, capaz e...
Atrevido!
Tem a ousadia de nascer...
E viver no meio do lodo!



Photobucket

Related Posts with Thumbnails
 
Topo