SEJAM BEM VINDOS!

Image and video hosting by TinyPic

Image and video hosting by TinyPic

terça-feira, 29 de janeiro de 2013

AMOR IMPOSSÍVEL


Você menino, moço moreno,
sorriso sereno, olhar tão pequeno,
me desconcerta, me faz tremer...
Volto pra casa, olhar perdido, peito doido, 
coração sofrido a estremecer.

Penso de dia, penso de noite,
penso dormindo, penso sonhando, 
penso calada, penso falando,
penso gritando, penso acordada, 
penso no dia em que vou te ver...

Esse dia não chega e a hora não passa,
troco de roupa, vou para a rua,
quase me perco sem perceber...
Você menino que mexe comigo,me deixa sem fala, 
me acanha e me abala, sem nada saber.

Você que é tão quieto, que é muito discreto,
me olha querendo sem nada querer.
Você que um dia, na asa do tempo, que voa comigo
bem longe daqui, vai deixar saudades fazendo doer.
Te amar eu não posso preciso esquecer...

Quem dera menino te levar comigo,
 mesmo como amigo, te roubar um beijo,
cheio de desejo, louco de paixão...
Pois saiba moreno que em meus devaneios,
eu brigo comigo e me faço sofrer...

Te amar eu não posso preciso esquecer!

(Dezembro de 1982)

Photobucket

domingo, 20 de janeiro de 2013

Complexidade

O que existe entre nós
 é uma cumplicidade muda.
Há um pacto que se perpetua 
no olhar de cada encontro.
Há um contraste no sentir e no pensar 
que só o bem querer anula...
[coisas do coração...]
Estamos à procura de respostas...
Mas nem tudo tem explicação
Photobucket

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

PERCURSO


Percorri meu mundo adentro
Procurando a minha paz
Correndo desesperada
Deixando tudo pra trás

Contornando minhas dúvidas
Desviei minhas respostas
Dei de cara com o perigo
Fiz como o diabo gosta...

Tropecei nos preconceitos
Fui cair na ansiedade
Mergulhei nos meus defeitos
Encontrei minhas verdades

Me escorei na paciência
Descansei no meu sossego
Despertei os meus instintos
Espreguicei todo meu medo...

Pressenti algo chegando
Desisti de procurar
A paz veio de mansinho
Chegando para ficar

Marineide Dan 28/01/83
Photobucket

sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

MULHERES


“Je vous salue, Marie!”

Precisa-se de mulheres
para defenderem os homens e seus filhos...
Para que eles redescubram 
a humanidade embaraçada em aporias...
Perdidos entre tronos tão frágeis
mergulhados em cofres repletos de ilusões...
Amedrontados por rifles... bombas...e por flutuantes bolsas de valores!!!

Mulheres precisam velar pelos homens...
Perdoá-los incondicionalmente
Precisam lhes dizer, com veemência, o mantra criador:
sim... sim... sim...
“--- Acordemos, Mulheres!!!
A Terra e o Céu precisam de nós!!!” 


Lindo poema de minha conterrânea
Lucila Papacosta Conte
Photobucket

quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Quem és tu?



Na grande confusão
deste medo
deste não querer saber
na falta de coragem
ou na coragem de
me perder me afundar
perto de ti tão longe
tão nu
tão evidente
tão pobre como tu
oh diz-me quem sou eu
quem és tu?

António Ramos Rosa




Photobucket
Related Posts with Thumbnails
 
Topo