SEJAM BEM VINDOS!

Image and video hosting by TinyPic

Image and video hosting by TinyPic

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

ESTE EU FIZ PRA VOCÊ!!!


Especialmente para você no ano de 2011
Desejo todos os amigos ao seu lado
Toda a alegria multiplicada
As tristezas subtraídas
Todos os sonhos realizados
A família muito unida
O amor correspondido
O sorriso iluminado
A conta bancária recheada
As dívidas zeradas
As decepções exterminadas
As esperanças renovadas
As emoções equilibradas
E a vida bem planejada
Escreva tudo o que quiser dizer
Sorria tudo o que puder sorrir
Chore somente de felicidade
E viva tudo o que puder viver!
FELIZ ANO NOVO!!!




MEU SONHO



Parei as águas do meu sonho
para teu rosto se mirar.
Mas só a sombra dos meus olhos
ficou por cima, a procurar...
Os pássaros da madrugada
não têm coragem de cantar,
vendo o meu sonho interminável
e a esperança do meu olhar.
Procurei-te em vão pela terra,
perto do céu, por sobre o mar.
Se não chegas nem pelo sonho,
por que insisto em te imaginar?
Quando vierem fechar meus olhos,
talvez não se deixem fechar.
Talvez pensem que o tempo volta,
e que vens, se o tempo voltar.


Cecília Meireles


Um grande abraço a todos!!!





sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

AS FLORES DO MEU JARDIM






O que cultivo são flores

De toda espécie e lugar
Uso o amor para adubar
As lágrimas para regar
Se for preciso até canto
Só pra vê-las brotar
Cada pétala que nasce
Traz alegria e emoção
E então cai uma chuva
De contentamento
E molha a terra 
Do meu coração 
Cada flor tem sua beleza
E seu perfume natural
Pode até existir flor parecida
Mais é artificial 
Às vezes fico triste
Se uma flor começa murchar
É como se o meu cuidado
Não fosse o suficiente
Então me ponho a chorar
É ai que percebo o significado
Que elas têm para mim
Porque vocês pessoas preciosas
São as flores do meu jardim.
(Karina Alexandre Boccia)

Este poema foi feito por Karina,
em homenagem à nossa galera
do Twitter!

Obrigada amiga!!!




quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

COMEMORAÇÃO! e AGRADECIMENTOS!

Create your own banner at mybannermaker.com!
Hoje, comemoramos a marca dos 5 mil acessos...

Muito obrigada a todos vocês que sempre 
prestigiam este blog. Espero estar sempre
à altura de tanto carinho!

Agora que terminei a faculdade, terei mais
tempo disponível para me dedicar com
maior afinco e este espaço.

Agradeço a compreensão de todos
e espero que gostem das mudanças
que estou providenciando para
o ano de 2011!!!

Beijos carinhosos!






sábado, 11 de dezembro de 2010



"...Você pode ter que se curvar,
você pode ter que se moldar na vida,
você pode ter que tolerar,
você pode ter que ouvir,
mas você nunca deve abandonar
o seu pensamento.
Isto é chamado de determinação."

Brahma Kumaris




sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

O BOM VELHINHO!!!


Aquele velhinho sempre povoou os meus sonhos!
Ao acordar, eu olhava e não o via...
O saco de brinquedos era minha adoração!
Ao acordar, eu procurava e não o encontrava.
O sapato, na janela, continuava vazio...
Em cada aniversário dele, eu sonhava e buscava.
E os sinos repicando na torre da Igreja
Blém - blom...blém-blom... blém-blom
Pareciam me dizer: desilusão...desilusão...desilusão...
O tempo foi passando, a dor eu acalentando,
Até que entendi que o brinquedo era simbólico
Que o velhinho não existia
Que aquele, era o dia da Salvação!
Que Maria deu seu filho Jesus
para a nossa Redenção!
Com alegria percebi
que os sinos mudaram o som
que em mim agora ecoava
a palavra coração...coração...coração...
E o espírito do Natal, eu comecei a viver!


Feliz Natal!
Que você possa ter a alegria 
de vivê-lo em sua plenitude!

Um Ano Novo cheio de paz!
Ouvindo sempre os sinos do amor fraterno,
da solidariedade, da compreensão.





terça-feira, 7 de dezembro de 2010

EU E MIM, MIM E EU...



Enfim sós!!! Eu e mim...Simples assim...
Me acompanho por todos os lugares
Por todos os bares...bebemos juntas...
Inseparáveis ...Eu e mim...enfim...
Um dia, quem sabe...Nos encontraremos...
Eu e mim...Mim e eu...Nós quatro!
Dois pares amigos...Encontrando abrigo...
Adeus solidão...Ficaremos juntos...
Amizade eterna...Simples assim...
Pra fugir da rotina...Trocamos os pares...
Eu e eu...Mim e mim...Simples assim...



Um beijo de mim,
o eu manda lembranças!






sábado, 4 de dezembro de 2010

NO OUTRO DIA TUDO IGUAL...



Noite misteriosa
planos, encontros
teatro, jantar
boate, dançar
bebida, cigarros
motel, sauna
beijos, carícias
sexo, êxtase
noite mal dormida
ressaca, cansaço
retorno ao lar...

domingo, folgar
casa, jornal
café, sofá
jogo, TV, sono
dormir, descansar
sonhos, repouso
alegre despertar      
banho, barba
vestir-se, lanchar
jornal, café
Sair pra trabalhar...

tarefas a fazer
despachos, carimbos
correspondência
assinaturas, email
sair para almoçar
compras, banco
contas a pagar,
café, cigarro
voltar pra trabalhar...

reunião, projetos
telefone celular
convite, amigos
hapy hour no bar
cigarro, bebida
olhar, paquerar
voltar pro lar...
  
banho, chinelos
descanço, relaxar                    
jantar, sofa, tv               
coxilar, acordar
cama, roncar        
sono profundo
sonhos misteriosos  
doces lembranças
ágrios desejos
inquieto despertar

saudades, torpedos
celular, recados
sair pra passear
namoro, noivado
casa pra comprar
casamento, festa
convidados, presentes
lua de mel, viajar...

passeios, abraços
fotos, hotel
banho, cama
mãos que se procuram
corpos que se acham
amor que se consuma
relaxamento total...
No outro dia tudo igual..

Retornar ao lar...
Sono, dormir...
Despertador, acordar
Banho, barbear
Vestir-se, lanchar
café, jornal
Despedir, beijar
sair, trabalhar...
No outro dia tudo igual...

 BOM FIM DE SEMANA!!!






quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

PARA SER FELIZ DE Cãriùá - TaTaRaNa


Para ser feliz, não é preciso pretexto,
motivo, intuito ou provocação.

Nascemos assim e pronto!

A residência do problema está no seguinte dia
em que abandonamos a placenta aquática.

É preciso um pouco de sorte com
os responsáveis escalados pela nossa sobrevivência.

Não raro tornamo-nos objetos abjetos fadados a subserviência
e aí a felicidade não vai embora mas entra de "folga"
e algumas esquecem de retornar ao trabalho.

É impossivel ter alguma satisfação sendo "capacho",
constrito ou encarcerado.

Pois:

"Felicidade não se busca. Recupera!"


Cãriùá - TaTaRaNa




quinta-feira, 25 de novembro de 2010

SER POETA E SER ASSIM...


Poeta é um ser assim meio sem jeito,
é uma dor forte e constante
que invade e domina o peito.
Poeta é um astro sem rumo na vida,
que chora palavras irrelevantes
na dura caminhada da partida.
Poeta é um covarde solitário,
que vive somente instantes
que existem no imaginário.
Poeta é um conto mentiroso,
de uma história qualquer,
vive em um mundo assombroso
e nele faz o que quer.
Poeta é a vela de um mastro partido,
que a tempestade sem pena partiu,
é um homem comum e sofrido
que só tem lembranças de quando sorriu.
Poeta é um grande vazio,
recheado de devaneios sórdidos
onde o temporal veio habitar.
Poeta é uma noite de frio,
onde se ouve os gemidos
e que somente a alma consegue gritar.
Poeta é sentir o mesmo calafrio,
ao expelir os fluídos
de um desejo a espalhar.
Ser Poeta é ser assim,
ser Poeta é ser loucura,
ser Poeta é ser um mistério sem fim.

(Adilson Costa)
http://www.adilsoncosta.com/canais/poesias/

Beijos carinhosos,
recheados com afeto!!!


domingo, 21 de novembro de 2010

AMADURECIMENTO


                                        Mais uma vez transpõe mitos
                                        Experiente nos feitos
                                        Nua de preconceitos
                                        Observadora dos sentidos
                                        Palpita sensualidade
                                        Abraça a vida sem grilos
                                        Usa e abusa da liberdade
                                        Sela, assim, mais uma fase
                                        A mulher na maturidade

                                                             Leila Marinho Lage
                                                             fonte:http://clubedameno.recantodasletras.com.



Um lindo domingo e uma
semana maravilhoss!!!



terça-feira, 16 de novembro de 2010

PRESENTE DE ANIVERSÁRIO!!!



Um presente ao Efraim

Não faço rimas nem verso
Mas vou tentar escrever
Seu pedido é uma ordem
Tudo pode acontecer...

Vou misturar as palavras
Do jeito que você faz
Presente de aniversário
Só pra você meu rapaz!

Seu sorriso é muito lindo
Olhar profundo e maroto
Está fazendo 22 anos
Já não é nenhum garoto

Provou muitos dissabores
E tem sempre uma lembrança
Carrega o desassossego
Mas convive com a esperança

Agora preste atenção!
Saiba lidar com a dor
Não se engana um coração
Quando o assunto é amor

Saber perder é uma arte
Ninguém vence toda hora
Não pense em valorizar
Só aquilo que é de fora

Não conquiste uma mulher
Somente pra preencher
O vazio que te deixou
A outra que você quer

Não crie expectativas
E nem exija demais...
Tudo tem seu tempo certo
Faça apenas o que for capaz

Vá com calma meu amigo
Você é um rapaz esperto
Não queira viver depressa
Espere o momento certo

Uma fruta não se colhe
Antes de amadurecer
Além de não ter sabor
Você não pode comer...

Sossegue e medite um pouco
Todos precisam de paz
Tenha tempo pra aprender
A falta que o tempo faz

Aproveite bem esta fase
Acumule experiência
Que a vida está de dando,
Mas é preciso PACIÊNCIA!!!


(Marineide Dan Ribeiro)

MINHA HOMENAGEM ANTECIPADA
PELO ANIVERSÁRIO DIA 18 DO
MEU AMIGO EFRAIM DELANO FRANÇA.

PARABÉNS AMIGO!!!!



segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Desculpem a ausência!!!



Quero me desculpar pela ausência, mas estou
"no olho do furacão", com os preparativos 
para minha formatura...
Muito em breve estarei aqui mais presente
do que nunca....

Lindo esse poema de Brecht:
Pra todos vocês!!!

Bom é o esquecimento!
Senão como se afastaria o filho
Da mãe que o amamentou?
Que lhe deu a força dos membros
E o impede de experimentá-la.

Ou como deixaria o aluno
O professor que lhe deu o saber?
Quando o saber está dado
O aluno tem que se pôr a caminho.

Para a velha casa
Mudam-se os novos moradores.
Se os que a construíram ainda lá vivessem
A casa seria pequena demais.

O forno esquenta. Já não se sabe
Quem foi o oleiro. O plantador
Não reconhece o pão.

Como se levantaria pela manhã o homem
Sem o deslembrar da noite que desfaz o rastro?
Como se ergueria pela sétima vez
Aquele derrubado seis vezes
Para lavar o chão pedroso, voar
O céu perigoso?
A fraquesa da memória
Dá força ao homem. 

 Bertolt Brecht
(1898-1956) 





terça-feira, 2 de novembro de 2010

AOS QUE SE FORAM... Ógui Lourenço Mauri


Não sei a qual deles mais me liguei
Nem de qual deles tenho mais saudade;
Sei apenas que jamais os verei...
Não mais terei essa felicidade!

Vi tudo tão natural quando a morte
Levou os dois de vez de minha vida,
Só hoje sinto a dor dessa má sorte,
Não os tendo aqui a me dar guarida.

Penso que partiram tristes comigo,
Pois, deles, pouco segui seus cuidados;
Arrependido, quero, sim, o abrigo
Dos sábios ensinamentos deixados.

Eu já não consigo estancar meu pranto,
Que, inesgotável, aumentando vai...
Deus meu, como, sozinho, sinto tanto
A falta de minha mãe e meu pai...

21/09/2002


Ógui Lourenço Mauri






sexta-feira, 29 de outubro de 2010

O PODER DO SUBCONSCIENTE*

O subconsciente

Poder controlador

O poder da mente

Determina

E ensina;

Revela segredos

Dominadores, mas sem medos

Obtendo resultados.

Subconsciência poderosa

Um guia libertador,

Benéfico, vencedor

Controlador,

O método afirmador.

Na mente consciente

Sente

Como utilizar

Inúmeros melhoramentos

E ensinamentos

Nas transformações prestigiadas

Trazendo auto-ajuda

E tornando realidade,

O mundo imaginário.

***Ana Maria Gonçalves***

(Imagem da internet)


quarta-feira, 20 de outubro de 2010

MINHA HOMENAGEM AOS POETAS BRASILEIROS!




Poeta, hoje é o teu dia.

Venho hoje, no lugar das Musas, dar-te  o meu abraço de gratidão!
Poeta, tu tens a varinha mágica que, ao tocar as palavras, transforma-as
em puro encantamento e ilusão...
Com a maestria dos grandes inspirados, arquitetas versos encantados,
temperados com  amor e sentimento, nos proporcionando momentos de
magia.

Segue uma linda definição sobre o poeta pelo grandioso Fernando Pessoa:

“O poeta é um fingidor 
Finge tão completamente
Que chega a fingir que é dor
A dor que deveras sente.
E os que lêem o que escreve 
Na dor lida sentem bem 
Não as duas que ele teve 
Mas só as que ele não têm 
E assim nas calhas de roda
 Gira, a entreter a razão 
Esse comboio de corda 
Que se chama coração”. 

(Fernando Pessoa)


Beijos poéticos e um
abraço bem literário!



terça-feira, 19 de outubro de 2010

PERMITA-ME, por Jonas Sanches



Permita-me dizer
Que o amor vem como ondas
A acariciar a orla
Colorindo meu viver

Permita-me dizer
Que o sol brilha para todos
Pra você, pra mim e para os pássaros
Nos preenchendo com seus raios púrpura

Permita-me dizer
Dizer que te amo
Falar palavras doces
Sussurrando ao pé do ouvido

Permita-me dizer
Que a lua olha por nós
Com seu brilho de cristal
Enlaçando-nos em sua luz

Permita-me dizer 
Que minha alma é de poeta
Expressão do meu querer
Vivo nas palavras concretas

Permita-me calar
Contemplar a sua beleza
Sua luz, sua natureza
Permita-me te amar

Jonas Rogerio Sanches

Obrigada amigo por permitir a
postagem do seu lindo poema!
Beijos carinhosos!






Related Posts with Thumbnails
 
Topo